super-classicnt

A mitologia de Alex Ross


Quem gosta de quadrinhos, dos personagens da DC e, claro, de Alex Ross, não pode deixar de ter o livro importado Mythology – The DC Comics Art of Alex Ross. Até para quem gosta da arte de desenhar este é um livro altamente recomendado. Visualmente exuberante, suas 320 páginas coloridas trazem reproduções de centenas de pinturas, rafes e leiautes do grande artista, fotografados por Geoff Spear, com direção de arte e textos de Chip Kidd. Há também um texto de introdução do diretor de cinema M.Night Shyamalan (de O Sexto Sentido), onde ele conta como trabalho de Ross o ajudou no filme Corpo Fechado (Unbreakable). Uma das versões do livro (a que recomendo) é limitada e vem com uma capa dura tripla que se desdobra num grande painel com uma pintura do mestre (clique na imagem abaixo para ver mais detalhes, ou aqui para ver outra imagem).

A influência dos quadrinhos na infância do desenhista pode ser conferida no início do livro, onde são publicados alguns desenhos que ele fez com 3, 7, 10 e 12 anos de idade. Além disso há uma pequena biografia e, em seguida, capítulos com os principais personagens da DC: Superman, Batman, Mulher-Maravilha (Wonder Woman), Capitão Marvel/Shazam!, Sociedade da Justiça, Liga da Justiça e todos os seus integrantes, além de alguns personagens de Hanna-Barbera (empresa pertencente à Warner, tal qual a DC), além de diversos trabalhos do autor.

Há também um capítulo onde é mostrado o passo-a-passo do processo de trabalho de Alex Ross, incluindo a criação de uma história em quadrinhos inédita de oito páginas, que também está publicada. Ou seja, se você quer ter uma visão completa do trabalho magnífico de Alex Ross, este livro é fundamental.

Para adquirir o livro Mythology – The DC Comics Art of Alex Ross você pode visitar o site da Amazon e ver se ele ainda está disponível, nem que seja usado. Vale a pena!

• • • •
Os desenhos publicados aqui foram digitalizados do livro, como a imagem do alto, que abre esta postagem. Ela é uma recriação que Alex Ross fez para a revista Wizard nº 89 (de janeiro de 1999) da famosa capa da edição especial Superman vs. The Amazing Spider-Man, publicada originalmente em 1976.

O desenho acima, do Adam Strange, é uma recriação para a capa da revista DC Comics Presents Mystery in Space #1 (de 2005) a partir da capa original de Carmine Infantino e Murphy Anderson para a revista Mystery in Space #82 (de março de 1963).

O desenho do Batman (acima) foi feito para o álbum especial Guerra ao Crime (War on Crime), enquanto o do Super-Homem, voando sobre o Rio de Janeiro, foi feito para outro álbum especial, Paz na Terra (Peace on Earth). Já o do Capitão Marvel (mais abaixo) foi extraído do álbum Shazam! O Poder da Esperança (Power of Hope), todos lançados no Brasil pela Editora Abril.


Abaixo, o Lanterna Verde que aparece no álbum Liberdade e Justiça (Liberty and Justice), publicado pela Panini no Brasil.

Saiba mais sobre o primeiro crossover Marvel/DC lendo o texto A batalha do século passado.

Para ler mais sobre Alex Ross, clique aqui. Para ver mais alguns de seus desenhos, clique aqui.

Novos heróis em ação no cinema


Enquanto a Warner planeja quais dos super-heróis da DC Comics ganharão vida nas telas dos cinemas, a Marvel já está em ação com suas produções (Wolverine, Capitão América, Thor, Vingadores e cia). Arqueiro Verde, Lanterna Verde, Flash e Mulher Maravilha são as novas armas da DC, juntamente com a total reformulação do Super-Homem. Mas, por enquanto esses projetos ainda não amadureceram. Vamos ver se a Warner consegue definir seus investimentos nessa área a tempo de enfrentar a avalanche da Marvel! (Leia mais aqui)

O papel de parede acima, que pode ser baixado clicando-se nele, foi feito a partir de um desenho do fantástico Alex Ross, publicado em seu livro, Mythology – The DC Comics Art of Alex Ross (leia mais sobre o livro clicando no link).

Batman e Super-Homem fora da Liga da Justiça

Personagens DC, por Alex Ross - CLIQUE PARA FAZER O DOWNLOAD DESTE WALLPAPER
Parece que Batman e Super-Homem não estarão no filme da Liga da Justiça, que deve ser lançado em 2010. A idéia dos produtores é dar espaço a outros personagens como Flash, Lanterna Verde e Arqueiro Verde, sem deixar de fazer um filme de alto impacto e muitas surpresas para os fãs. De qualquer maneira, sempre achei desnecessária a presença das duas estrelas da DC no grupo de super-heróis. O soturno morcego prefere trabalhar sozinho e já tem bastante problemas na sua cidade, Gothan City. O super tem tantos poderes que quase reúne as super-habilidades de todos os outros. Ou seja, ele já é a própria Liga, sozinho. É um exagero.
Bom, previsões à parte, se você gosta da arte de Alex Ross, baixe o papel de parede acima, que fiz a partir de desenhos que encontrei no site oficial do grande artista. São quatro figuraças da DC. É só clicar e salvar no seu computador.