Seu uniforme é vermelho

Demolidor, de Wally Wood
No início sua vestimenta era amarela e vermelha, provavelmente inspirada naqueles uniformes dos lutadores de “telecatch“, já que o personagem foi criado nesse ambiente de lutas de boxe. Vai saber. O importante é que, ao receber a incumbência de desenhar as histórias do homem sem medo em 1964, Wally Wood mudou o uniforme do personagem, colocando-o mais próximo do “devil”. Mas, quem é o cara que redesenhou Demolidor (Daredevil)? Clique aqui para conhecê-lo um pouco mais.
Para baixar o papel de parede acima, basta clicar sobre a imagem. Esse wallpaper foi feito a partir do desenho de abertura da história A Investida do Pernalta, de Stan Lee, publicada na revista O Demolidor nº5, da Editora Brasil-América, em agosto de 1969.

Anúncios

Demolidor vermelho

Demolidor
Quando a Ebal lançou o Demolidor (Daredevil), ele já tinha mudado seu uniforme nos Estados Unidos, deixando seu clássico amarelo-vermelho para uma vestimenta totalmente rubra, mais “diabólica” (clique aqui para ler mais). Porém, aqui ainda foram publicadas algumas histórias com a vestimenta clássica. Tudo bem, pois a revista era em preto-e-branco. Mas a capa era colorida e provavelmente a diretoria da editora deve ter ficado com o seguinte dilema: “devemos publicar as cores originais do uniforme, mesmo sabendo que daqui a poucos meses o personagem irá mudar ou colocamos a cor vermelha desde a primeira edição, alterando o amarelo original?” O pessoal da Ebal optou por esta solução.
Veja os dois papéis de parede que ilustram este texto: acima o Demolidor como o conhecemos em seu primeiro número da revista (com as cores alteradas); abaixo, o personagem já com o novo uniforme numa história desenhada pelo genial Gene Colan.
Compare com o outro wallpaper do homem sem medo disponível neste blog e você verá as cores originais da primeira vestimenta do herói.
Demolidor, por Gene Colan
Como sempre, para baixar os papéis de parede, basta clicar nas imagens para ampliá-las e salvá-las em seu computador.

Eis que surge o homem sem medo

Clique para baixar o wallpaper

Em abril de 1969 a Editora Brasil-América lança no Brasil as aventuras de um personagem que, se lançado hoje em dia, seria aclamado como politicamente correto: o Demolidor (Daredevil) foi criado como um super-herói cego. Na página de introdução ao personagem, publicada no primeiro número da revista o texto explicava:

“Mattheus Murdock – ou simplesmente Matt – ficou cego num acidente de trânsito. Ao salvar uma quase vítima de atropelamento tirando-a da frente de um pesado caminhão, foi atingido no rosto pela explosão de um cilindro com material radiativo que se desprendera da carga.

Matt perdeu a mãe em 1950, quando contava cerca de nove anos. O pai, um lutador profissional conhecido por Batalha Murdock, foi assassinado, anos depois, a mando de um empresário desonesto chamado Garra, que Matt jurara entregar à justiça algum dia.

Depois do acidente, Matt adquiriu estranhos poderes, atribuindo-os ao material que o atingira. Seus sentidos de tato, audição, olfato e paladar se aguçaram extraordinariamente. (…)

Quando concluiu o curso de Direito, Matt montou um escritório de advocacia com seu ex-colega de universidade, Franklin Nelson. Mas a lembrança trágica da morte do pai não permitia que se concentrasse no trabalho. (…)

Assim nasceu O Demolidor, ou seja, a segunda identidade de Matt, com o qual passou a agir no combate aos criminosos. Como arma, Matt fêz algumas adaptações na sua bengala de cego, que O Demolidor utiliza para galgar superfícies mais elevadas, escalar edifícios ou prender malfeitores. A primeira tarefa do herói foi levar Garra à Justiça. Dali em diante, a figura de O Demolidor passou a ser o terror dos bandidos, fazendo-os tremer.”

Atualmente já mudaram a origem do personagem. Mas essa é outra história…