O Poderoso Thor, a honra e o amor


Um dos personagens mais marcantes criados pela trinca Jack Kirby, Stan Lee e seu irmão Larry Lieber, foi, em verdade, uma adaptação da lenda nórdica do deus do trovão para os quadrinhos. Thor, filho do todo poderoso Odin, tinha uma “identidade” terrestre em sua versão inicial da Marvel, com as características clássicas de um super-herói. O personagem estreou em 1962 na revista Journey Into Mystery, número 83 (abaixo).

Depois, o lendário Stan Lee, priorizou aventuras épicas mais condizentes a um altivo deus nórdico, deixando de lado, aos poucos, seu alter ego terrestre. E esta foi uma das fases mais empolgantes do personagem da Marvel, publicada no Brasil na revista A Maior, da Editora Brasil-América (Ebal) no início da década de 70. Na imagem acima aparecem o bravo guerreiro Balder, grande amigo de Thor, e a deusa Sif, num papel de parede que fiz sobre o desenho de abertura da aventura Batalha na Terra, publicada no número 8 dessa revista, lançada em janeiro de 1971. Os heróis enfrentam a grande ameaça dos Encantadores que ousaram atacar Asgard e a Terra (Midgard) .

O fator mais emblemático dessa série de aventuras produzidas por Stan Lee, Jack Kirby e Vince Colletta, trata da honra e do amor através do soberbo triângulo amoroso entre o deus do trovão, sua amada Sif e Balder. A lealdade de Balder ao grande amigo Thor não permitia que ele se declarasse à bela Sif, paixão do filho de Odin. A certa altura, nessa história, Balder suspira ao abraçar Sif, tentando acalmá-la e pensa: “Desperta em mim um sentimento que não ouso possuir… pois Thor é mais que um irmão para mim!”.

Para fazer o download do wallpaper acima, basta clicar nele. Para baixar todos os papéis de parede do Thor publicados neste blog, clique aqui. Para ler mais sobre o Thor na Wikipedia, clique aqui.

6 comentários sobre “O Poderoso Thor, a honra e o amor

  1. ucha disse:

    Caro Sérgio, esse desenho inanimado do Thor e dos outros super-heróis da Marvel que haviam acabado de chegar ao Brasil, há 40 anos, era muito divertido: praticamente era uma história em quadrinhos na tela de TV!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s