Corto Maltese na Pinacothèque de Paris


Uma belíssima exposição está para terminar neste domingo. E para vê-la é necessário estar na Cidade-Luz: a Pinacoteca de Paris apresenta até o dia 21 de agosto a mostra Le Voyage imaginaire d’Hugo Pratt, com uma grande retrospectiva de um dos maiores criadores de quadrinhos do mundo. São mais de cem aquarelas, a maioria pouco conhecida do público em geral, além de todas as pranchas originais da primeira história de Corto Maltese: A Balada do Mar Salgado, criada em 1967, depois de uma viagem que Hugo Pratt fez ao Caribe.

Aliás, a vida de Pratt é digna de um filme de aventuras: ele viajou o mundo todo, trabalhou na Argentina, onde conheceu artistas como José Luis Salinas e Alberto Breccia, e conheceu o Brasil, onde esteve na Amazônia e no Pantanal. Entre suas influências literárias estão obras dos escritores Robert Louis Stevenson, Joseph Conrad, Melville Herman, Jack London, Ernest Hemingway e Antoine Saint-Exupery.

Na Europa os quadrinhos são muito mais valorizados como arte e cultuados não só por admiradores, mas também por estudiosos. Uma pena que no Brasil isso não aconteça!

As imagens acima podem ser baixadas e usadas como papéis de parede em seu computador. Esta última eu já havia publicado em 2006. Dei uma pequena atualizada. Clique nelas para baixar. Assista AQUI ao vídeo sobre essa exposição na Pinacoteca.

Anúncios

3 comentários sobre “Corto Maltese na Pinacothèque de Paris

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s